Archive

Posts Tagged ‘Azure’

Como forçar o Azure App utilizar o horário do Brasil (ou qualquer outro de sua preferência)

CENÁRIO:

Olá!

Desde que o Azure mudou para o “ARM” tenho usado muito o Azure App Service para rodar minhas aplicações como serviço (PaaS) e não precisar “gerenciar” o Windows/IIS.

Mas, como nem tudo são flores, algumas coisas precisam de ajustes/configurações para que funcione exatamente como se você estive utilizando um servidor hospedado no Brasil.

Um exemplo disso é o horário. Se for implantar sua aplicação e começar a utilizar vai perceber que para funções que utilize data e horário, a configuração utilizada, por padrão, será UTC (ou GMT +0).

ERRO:

Então, ao salvar um registro no banco de dados a coluna “criado” ficará com data 3 horas pra frente, agora que estamos fora do horário de verão, e o horário oficial de Brasília é GMT -3.

SOLUÇÃO:

Há outras alternativas de configurar, mas o que eu acho mais prático é setar o “Application settings” do App para o seu “time_zone”. Ou adicionar ao web.config.

Key: WEBSITE_TIME_ZONE

Value: E. South America Standard Time


Pronto, agora sua aplicação está utilizando o horário oficial da América do Sul.

Lista de Zonas que funcionam no Windows (Linux é diferente):

[


“Dateline Standard Time”,


“UTC-11”,


“Aleutian Standard Time”,


“Hawaiian Standard Time”,


“Marquesas Standard Time”,


“Alaskan Standard Time”,


“UTC-09”,


“Pacific Standard Time (Mexico)”,


“UTC-08”,


“Pacific Standard Time”,


“US Mountain Standard Time”,


“Mountain Standard Time (Mexico)”,


“Mountain Standard Time”,


“Central America Standard Time”,


“Central Standard Time”,


“Easter Island Standard Time”,


“Central Standard Time (Mexico)”,


“Canada Central Standard Time”,


“SA Pacific Standard Time”,


“Eastern Standard Time (Mexico)”,


“Eastern Standard Time”,


“Haiti Standard Time”,


“Cuba Standard Time”,


“US Eastern Standard Time”,


“Turks And Caicos Standard Time”,


“Paraguay Standard Time”,


“Atlantic Standard Time”,


“Venezuela Standard Time”,


“Central Brazilian Standard Time”,


“SA Western Standard Time”,


“Pacific SA Standard Time”,


“Newfoundland Standard Time”,


“Tocantins Standard Time”,


“E. South America Standard Time”,


“SA Eastern Standard Time”,


“Argentina Standard Time”,


“Greenland Standard Time”,


“Montevideo Standard Time”,


“Magallanes Standard Time”,


“Saint Pierre Standard Time”,


“Bahia Standard Time”,


“UTC-02”,


“Mid-Atlantic Standard Time”,


“Azores Standard Time”,


“Cape Verde Standard Time”,


“UTC”,


“Morocco Standard Time”,


“GMT Standard Time”,


“Greenwich Standard Time”,


“W. Europe Standard Time”,


“Central Europe Standard Time”,


“Romance Standard Time”,


“Central European Standard Time”,


“W. Central Africa Standard Time”,


“Jordan Standard Time”,


“GTB Standard Time”,


“Middle East Standard Time”,


“Egypt Standard Time”,


“E. Europe Standard Time”,


“Syria Standard Time”,


“West Bank Standard Time”,


“South Africa Standard Time”,


“FLE Standard Time”,


“Israel Standard Time”,


“Kaliningrad Standard Time”,


“Sudan Standard Time”,


“Libya Standard Time”,


“Namibia Standard Time”,


“Arabic Standard Time”,


“Turkey Standard Time”,


“Arab Standard Time”,


“Belarus Standard Time”,


“Russian Standard Time”,


“E. Africa Standard Time”,


“Iran Standard Time”,


“Arabian Standard Time”,


“Astrakhan Standard Time”,


“Azerbaijan Standard Time”,


“Russia Time Zone 3”,


“Mauritius Standard Time”,


“Saratov Standard Time”,


“Georgian Standard Time”,


“Caucasus Standard Time”,


“Afghanistan Standard Time”,


“West Asia Standard Time”,


“Ekaterinburg Standard Time”,


“Pakistan Standard Time”,


“India Standard Time”,


“Sri Lanka Standard Time”,


“Nepal Standard Time”,


“Central Asia Standard Time”,


“Bangladesh Standard Time”,


“Omsk Standard Time”,


“Myanmar Standard Time”,


“SE Asia Standard Time”,


“Altai Standard Time”,


“W. Mongolia Standard Time”,


“North Asia Standard Time”,


“N. Central Asia Standard Time”,


“Tomsk Standard Time”,


“China Standard Time”,


“North Asia East Standard Time”,


“Singapore Standard Time”,


“W. Australia Standard Time”,


“Taipei Standard Time”,


“Ulaanbaatar Standard Time”,


“North Korea Standard Time”,


“Aus Central W. Standard Time”,


“Transbaikal Standard Time”,


“Tokyo Standard Time”,


“Korea Standard Time”,


“Yakutsk Standard Time”,


“Cen. Australia Standard Time”,


“AUS Central Standard Time”,


“E. Australia Standard Time”,


“AUS Eastern Standard Time”,


“West Pacific Standard Time”,


“Tasmania Standard Time”,


“Vladivostok Standard Time”,


“Lord Howe Standard Time”,


“Bougainville Standard Time”,


“Russia Time Zone 10”,


“Magadan Standard Time”,


“Norfolk Standard Time”,


“Sakhalin Standard Time”,


“Central Pacific Standard Time”,


“Russia Time Zone 11”,


“New Zealand Standard Time”,


“UTC+12”,


“Fiji Standard Time”,


“Kamchatka Standard Time”,


“Chatham Islands Standard Time”,


“UTC+13”,


“Tonga Standard Time”,


“Samoa Standard Time”,


“Line Islands Standard Time”

]

E, não menos importante, vale lembro que, ainda, não tem como configurar o fuso horário do Azure SQL Database (Paas). Ou seja, as colunas de data serão armazenadas com UTC (GMT +0). Então, você precisa tratar isso na aplicação.

Abraço!

Advertisements

The virtual machine cannot restart. The current virtual machine state is RoleStateUnknown

Olá! Smile

Cenário:

Uma dica rápida… que quase me fez chorar… rs

Montei uma VM SharePoint 2010 no Windows Azure Virtual Machine Preview… até aí beleza… Massss… resolvi desligar a máquina para aumentar a memória. Desliguei e pra ligar de novo?

ERRO:

The virtual machine cannot restart. The current virtual machine state is RoleStateUnknown.

Não liga nem com reza brava! Horas de trabalho indo pro limbo… 😥

É um problema da plataforma, e provavelmente será corrigido posteriormente, mas e minha VM? rs

SOLUÇÃO:

Achei uma dica no fórum do Windows Azure americano:

http://social.msdn.microsoft.com/Forums/en-US/WAVirtualMachinesforWindows/thread/5b7063d7-51b4-4258-bff5-2269dd385f85

Mas, resumindo o procedimento…

1. Delete a sua VM (sim, apague!)

2. Cria uma nova VM > From Gallery e escolha o disco da VM que você acabou de deletar.

3. A VM vai voltar e ligar sozinha. Você vai perder a URL anterior (por que não vai conseguir criar com o mesmo DNS, pois já em uso anteriormente por você mesmo – não testei esperar pra ver se o nome fica livre depois de um tempo…) e também os Endpoints.

Tem um esquema de exportar e importar as configurações no link… talvez isso mantenha as configurações anteriores.

É isso aí, até mais! Smile

Abraço!